terça-feira, 8 de outubro de 2013

Promoção 100%: Devaneios para Todos!

Bom dia a todos :)

Após um período de vendas da Coletânea de Devaneios, achei que chegou a altura de dar um "mimo" a todos que me seguem. Por isso lancei a campanha "Promoção 100%: Devaneios para Todos!".

Isso mesmo, uma promoção de 100%. De 14 a 18 de Outubro, a versão digital da Coletânea vai poder ser adquirida grátis na Amazon:



Como exemplo dos Devaneios que lá podem encontrar, deixo-vos este poema:

A Besta

Tenho um monstro dentro de mim
Criatura composta de raiva e ressentimento
Lutamos todos os dias
Pelo controlo do meu pensamento

Animal ardiloso e persistente
Não me dá descanso
Aproveita qualquer brecha
Para me dominar com veneno.

Seu objectivo é magoar
Seu divertimento é afugentar
Quem me é mais precioso
Ah, como sofro quando a Besta consegue o seu intento!

In "Coletânea de Devaneios"


Sempre vosso,
Luís.

8 comentários:

  1. Que legal Luís, eu vou fazer o download depois!

    As vezes nos deixamos levar por esse monstro, mas é necessário para equilibrarmos nossas emoções, esses altos e baixos são constantes e acredito que muita gente sente isso, o importante é levar tudo como um aprendizado e tentar não se abalar, pelo contrario, contrariar esse monstro, aprender e levantar.

    Abraços.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Fico muito contente com o teu interesse , Guilherme :)

      Tens toda a razão. Não podemos vencer de forma definitiva esse monstro, mas podemos aprender a conviver com ele.

      Eliminar
  2. Esta besta pode ser o preconceito que carregamos dentro de nós e mesmo moldados nos bancos escolares não deixamos de ser o que somos nem de sofrer influências sociais.
    Mas tem razão, brigamos diariamente com esta besta: hora ela vence, hora vencemos nós.
    Sublimes pensamentos Luís.
    Até breve!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado Vall :)

      É o preconceito, é o medo, a incompreensão, a raiva, tudo o que mexe connosco de forma negativa. Sim, é uma questão de equilíbrio em termos de briga :)

      Eliminar
  3. E quem não tem monstros dentro de si que empacam feito mulas, que agem feito bestas ferozes e nos estraçalha? Muitas vezes é preciso aceitá-los para conhecê-los e poder saber conviver com essa besta! Um abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Acho que ninguém está livre da sua própria besta. Verdade. Também é preciso conhecermos-nos a nós próprios de modo a saber o que alimenta essa besta, de modo a melhor lidar com ela.

      Um belo dia para ti, querida Malu :)

      Eliminar
  4. Boa noite caro amigo Luís,

    Essa besta definida nessa belíssima poesia, são medos e incertezas que nos deixam perdidos na vida. Essa besta é a covardia que nos impede de lutar, é a depressão que nos faz paralisar diante das negatividades que encontramos. Essa besta não deve ser alimentada, mais aos poucos enterrada.

    Grande abraço meu amigo,
    Fique sempre na paz !
    Dan.
    http://gagopoetico.blogspot.com.br

    ResponderEliminar